Julho 3, 2022

Lançamento Dia C – Dia de Cooperar

O Sistema Ocemg realizou, no último sábado (3/7), em uma transmissão ao vivo pelas multiplataformas da 98 FM, o evento de celebração do Dia de Cooperar (Dia C) 2021. Na oportunidade, participaram presidentes e dirigentes de cooperativas, representantes de entidades beneficiadas pelas ações, além do renomado filósofo e palestrante Mário Sérgio Cortella, que fez uma participação especial falando sobre cooperativismo e ética nos tempos atuais.

Dando as boas-vindas, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, explicou que o Dia C é um momento de comemorar todos os feitos de responsabilidade social das cooperativas. Segundo ele, “o cooperativismo veio, com o Dia de Cooperar, mostrar que é possível ser solidário não só no discurso, mas nas ações cotidianas”.

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participou da celebração e deixou uma mensagem de gratidão ao Sistema Ocemg pela criação deste que é o maior movimento de voluntariado cooperativista do país: “o Dia C, como todas as boas ideias de Minas Gerais, extrapolou o Estado e foi para o Brasil”. Sobre a campanha em 2021, ele comentou que “este ano, estamos com foco na doação de alimentos, devido aos efeitos da pandemia na população; assim cada cooperativa e comunidade, do seu jeito, contribui com o que tem ou o que pode doar”.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou por meio de um vídeo exibido durante o evento. “Como governador, posso assegurar a importância do cooperativismo para o desenvolvimento econômico e social do nosso Estado. Fica aqui meu reconhecimento pelo trabalho das cooperativas nas diversas ações sociais, que envolvem milhares de voluntários”, ressaltou Zema.

Convidado especial, o professor Cortella explicou o conceito de solidariedade: “a palavra não vem de solidão, mas de sólido. Solidariedade é aquilo que dá solidez à vida.” Ele falou ainda a respeito da cooperação, do ato de cooperar, ajudar o próximo e sua importância para as pessoas.” A espécie humana não chegaria aonde chegou se não fôssemos capazes de colaborar”, ressaltou, completando: “cada pessoa vale, mas ela sozinha é fraca, junto de outras pessoas ganhamos mais energia. Quando nos juntamos, produzimos mais, nos alegramos mais”.

Ações em todo o Estado

Apresentando como o Dia C acontece em todos os cantos do Estado, a programação do evento levou convidados para falar sobre o movimento nas cidades em que atuam.  O presidente da Unimed-BH e vice-presidente do Sistema Ocemg, Samuel Flam, explicou as iniciativas realizadas pela cooperativa para mitigar os efeitos e atender os clientes e a população da capital mineira durante a pandemia. Foram criados 300 leitos e um serviço de teleatendimento com consultas online, que foi disponibilizado para a Prefeitura de BH para aplicação pelo SUS da cidade, além da participação da Unimed-BH no Movimento Unidos pela Vacina, com foco em acelerar a vacinação no país.

A cooperativa doou caixas térmicas, caixa coletora de material perfurocortante, instrumentos de medição de temperatura, entre outros materiais, para nove municípios mineiros. “Devemos agradecer a população por ter entendido que era importante reduzir a circulação nas cidades para diminuir os contágios, e agradecer aos médicos, colaboradores, fisioterapeutas, enfermeiros e todos que trabalham na linha de frente”, frisou Flam.

Jorge Kiryu, cooperado da Coopadap, e Ronaldo Siqueira, coordenador da Rede Coop, formada por 13 cooperativas de Patos de Minas, também falaram sobre as ações sociais realizadas este ano.

MinasCoop Energia

O Programa de Energia Fotovoltaica do Cooperativismo (MinasCoop Energia) foi pauta da celebração do Dia C. Na ocasião, o superintendente do Sistema Ocemg e coordenador do Comitê Gestor da iniciativa, Alexandre Gatti Lages, explicou que o MinasCoop consiste no incentivo às cooperativas para a construção de usinas fotovoltaicas para suprir a demanda de energia de suas unidades, com doação de parte dessa energia a entidades filantrópicas em todo o Estado.

Em Belo Horizonte, o Sistema Ocemg, a Cooperativa Central dos Produtores Rurais (CCPR) e o Sicoob Credicom irão doar parte da energia gerada por suas usinas para suprir a demanda de energia da Santa Casa de Misericórdia da capital. Atualmente, 20 cooperativas já aderiram ao programa, e a expectativa da organização é fechar o ano com 100 participantes.

Entre elas está o Sicoob Aracoop, cujo presidente, Ramiro Ávila, explicou: “com este projeto, vamos contribuir com a sustentabilidade e beneficiar as Santas Casas de três cidades da nossa área de atuação, contribuindo para sua redução de gastos”, disse.

Date

Jul 03 - 30 2021
Expired!
Categorias
QR Code